terça-feira, 15 de março de 2016

Resenha: Passarinha

Passarinha

Autora: Katryn ErshineAno: 2013 / Páginas: 224Idioma: português
Editora: Valentina


Sinopse: No mundo de Caitlin, tudo é preto e branco. Qualquer coisa entre um e outro dá uma baita sensação de recreio no estômago e a obriga a fazer bicho de pelúcia. É isso que seu irmão, Devon, sempre tentou explicar às pessoas. Mas agora, depois do dia em que a vida desmoronou, seu pai, devastado, chora muito sem saber ao certo como lidar com isso. Ela quer ajudar o pai - a si mesma e todos a sua volta -, mas, sendo uma menina de dez anos de idade, autista, portadora da Síndrome de Asperger, ela não sabe como captar o sentido.
Caitlin, que não gosta de olhar para a pessoa nem que invadam seu espaço pessoal, se volta, então, para os livros e dicionários, que considera fáceis por estarem repletos de fatos, preto no branco. Após ler a definição da palavra desfecho, tem certeza de que é exatamente disso que ela e seu pai precisam. E Caitlin está determinada a consegui-lo. Seguindo o conselho do irmão, ela decide trabalhar nisso, o que a leva a descobrir que nem tudo é realmente preto e branco, afinal, o mundo é cheio de cores, confuso mas belo.
Um livro sobre compreender uns aos outros, repleto de empatia, com um desfecho comovente e encantador que levará o leitor às lágrimas e dará aos jovens um precioso vislumbre do mundo todo especial dessa menina extraordinária.


Há um tempo vi esse livro na livraria e fiquei encantada com a capa.
Esse mês, passeando pelo Instagram me deparei com uma foto linda dele no ig da Lara Furtado (@lara.furtado) e descobri que ela, em parceria com a Aline (@ousejalivros), a Editora Valentina (@edvalentina) e própria autora do livro, lançaram uma campanha linda.
A #LeiaPassarinha, uma campanha de conscientização do autismo, todos contra o preconceito.

E não tive dúvidas, precisava ler esse livro...
A verdade é que eu não sabia que precisava mesmo.

Passarinha me tirou da zona de conforto.
Caitlin me agarrou, me sacudiu, me fez acordar e me deixou completamente apaixonada e encantada por sua história.

♥♥♥ Caitlin é uma encantadora menina de 10 anos, portadora da síndrome de Asperguer, autista.

Uma menina especial, inteligentíssima, ama os livros, seu melhor amigo é o dicionário. Seu irmão mais velho, Devon, ajuda em suas dificuldades e a entende como ninguém. Até que um dia ele é assassinado em uma tragédia na escola e a vida de Caitlin e seu pai, desmorona.
E nesse luto, ela conta com a ajuda de sua terapeuta, e assim descobre que precisa de um DESFECHO para essa história e precisa ajudar seu pai a LIDAR COM ISSO.
Durante todo o livro, pude experimentar e a compreender essa menina maravilhosa. Me emocionei e sorri com ela. E aprendi a enxergar com outros olhos o autismo e as relações humanas. Aprendi com Caitlin a OLHAR A PESSOA.
Impossível não sentir um calorzinho gostoso no coração depois de conhece-la.



 " - Quer dizer, que não sou só eu que sou especial? Tudo na vida é?- Isso mesmo.- Acho que a boa notícia é que todo mundo vai ter que aguentar ser especial, porque todo mundo está vivo."


Se tornou um dos meus livros preferidos! Já considero um clássico!
Estou muito grata a autora por essa história incrível, a Lara Furtado e a Aline, por ter sido apresentada à essa obra prima.


Por fim, digo à vc, Passarinha vai muito além do tema "autismo", essa menininha "autista" tem o poder de nos tornar pessoas melhores para o mundo!!!

Até a próxima!!
Bjus, Ste!


4 comentários:

  1. Olá!

    Não sei quantas vezes já li uma resenha positiva sobre este livro. A capa, na verdade, não me agrada muito, mas as resenhas que leio sim - assim como a sua. Você me deixou curiosa em conhecer Caitlin rsrs.

    Estou seguindo seu blog. Se quiser conhecer meu cantinho, será bem vinda :D (http://psamoleitura.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Indique você para a TAG Liebster Award, discover new blogs.
    Confira lá no blog!

    www.booksimpressions.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Ste ! Que bom encontrar um livro onde a personagem é autista. Eu tenho procurado livros assim, com personagens especiais. Eu amei a dica e a resenha foi uma delícia de ler. Com certeza esse livro vai para a minha lista de leitura. Beijos
    Umparadoxoliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Aí esse livro, ta aqui no próximo da fila para leitura, e já estou me preparando porque sei o quanto ele é sensível.
    Conheci seu blog através do seu ig que por sinal é maravilhoso.
    Um beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir